Arquivo

Archive for the ‘Colombianos’ Category

Comendo na Colômbia – Mila Panaderia y Pasteleria

Eu li tão bem da Mila Panaderia y Pasteleria (padaria e casa de bolos) em Cartagena, que pus na listinha de “Must eat”.

O lugar é super agradável mesmo, decoração bem caprichada e uma vitrine de doces linda de morrer gordinha!

Aí pedimos esse doce bunito:

Torta 3 chocolates

Torta 3 chocolates

Lindão, né! Mas decepção total!
Não teve nada daquela textura macia de mousse que eu esperava. Ao contrário, tinha gelatina demais da conta!

Expresso

Espresso

O ultra famoso café colombiano também não tem nada demais, ou melhor, tem um marketing muito bom, isso sim! (Fomos na Juan Valdez tbém e confirmamos isso).

Um detalhinho bacana tava na água com gás. Achei bem simpáticas as folhinhas de hortelã aromatizando a água.

Ah, um ponto positivo indiscutível: na Mila tem ar condicionado! Pode parecer bobagem, mas no calor acalorado de Cartagena, isso vale ouro!


Mila Panaderia y Pastelaria

Calle de la Iglesia 35-76 (at Calle de Ayos)
Cartagena de Índias – Colômbia

Anúncios

Comendo na Colômbia – La Vitrola em Cartagena

O melhor restaurante de Cartagena!

O La Vitrola é um restaurante que vale demais da conta! Quem vai pra Cartagena, precisa incluir no roteiro de viagem.

O ambiente é agradabilíssimo, estilão anos 50 em Cuba (ou o que imagino que seja os anos 50 em Cuba).

Chegamos lá por volta das 11 da noite e tinha algumas poucas mesas livres. A música podia ser ouvida do lado de fora e já fiquei empolgadinha com o ritmo! (O que poderia ser mais empolgante que estar no Caribe ouvindo uma boa salsa?!)

Aí começava a história do melhor jantar que nós teríamos em Cartagena.

De entrada:

Carpaccio

Carpaccio

Carpaccio! Ok, nada a ver, né! Mas deu vontade e tava muito bom!

Pescado, morrones y arroz con coco

Pescado, morrones y arroz con coco – o melhor prato da viagem!

Esse foi o melhor arroz con coco que comemos na Colômbia! E olha que comemos arroz con coco em quase todo lugar! He, he…

O peixe e o morrone (um tipo de pimentão que o Cabeça adora) também estavam ótimos.

Um detalhe: nessa foto, está metade do prato, ok. Acabamos dividindo porque já tava muito tarde pra jantar tanto quanto gostaríamos.

Óbvio que, após 2 pratos super bons, ficou a expectativa de uma sobremesa super boa! O garçom falou tanto de uma torta de coco que não tivemos dúvida:

Pie de coco con helado de vainilla

Pie de coco con helado de vainilla

Essa torta de coco é o que há! Absurda de boa! Tô com água na boca só de lembrar!

Só teve um probleminha neste dia: não tinha Postobon de Manzana! há, há…fomos de Kola Román mesmo.

Já entenderam, né! La Vitrola é ponto de passagem obrigatório em Cartagena de Índias.
La Vitrola
Calle del Baloco, 33-01, Centro
+57 (53) 660-0711 (vale reservar, só pra garantir)

Comendo na Colombia – Macondo em Cartagena

O Macondo fica na parte mais roots de Cartagena, ou seja, fora do burburinho da turistada. Na prática, isso significa que é preciso ir de olhos bem abertos, pois ao contrário da parte turística, por estes lados não tem quase nada de policiamento visível.

Por outro lado, isso também significa um tour bem interessante pelo downtown. Da praça central até lá é uma caminhadinha, mas vale!

O Macondo é um barzinho bem agradável e o atendimento é o diferencial! As pessoas são extremamente simpáticas. Como chegamos antes do horário de pico, batemos papo, sentamos no balcão que cerca a cozinha, perguntamos de cada um dos aperitivos servidos, enfim…treinamos o portunhol! he, he…

Depois de muito pensar, decidimos:

jugo de LULO

jugo de LULO

Cerveza La Colombia

Cerveza La Colombia

Gente, LULO é uma fruta que lembra bastante um tomate, só que amarelado. O gosto é estranho, diferente de todas as frutas que já tinha comido por aqui. Nem sei explicar…mas num gostei.

Ah, esse negócio em cima do cardápio é um chocalho que serve pra chamar os garçons. Achei interessante, mas não testamos, já que estávamos no balcão.

A cerveja La Colombia era obrigação, né! Mas a gente nem curtiu-curtiu, viu!

Pra beliscar, escolhi pelo nome: CARIMAÑOLAS. Achei fofo e arrisquei! Uma dilícia, mas ultra parecido com o risole que temos por aqui:

Carimañola - amasijo de yuca

Carimañola – amasijo de yuca

A carimañola é um pastelzinho de mandioca recheado de queijo. Bem gostosinho, mas o segredo mesmo tava nesse molhinho, uma salsa apimentada ultra boa!

Macondo en Cartagena de las Indias

Macondo en Cartagena de las Indias

Bar La Plaza de Macondo
Calle de la Media Luna No. 10 – 97, Getsemani
Cartagena de Indias – Colômbia

Mini Flashback Gastronômico – Suri Ceviche Bar

Faz muito tempo que tiramos fotos de comidas (bem antes de termos o blog)…só não sabíamos direito o que fazer com elas!

Pensando neste material todo que temos guardado, agora vamos publicar uma série chamada “Mini Flashback Gastronômico”. A verdade é que a gente não lembra mais dos detalhes, mas tem uma leve lembrança se gostou ou não. Sem contar que as fotos são bem bonitas!

Pra começar, vamos de Suri Ceviche Bar.

O que me lembro bem: fomos jantar durante a semana, era um dia frio!

Como é pra ser um flashback MINI, vamos logo às fotos:

Drink misterioso - só lembro que não gostei

Drink misterioso – só lembro que não gostei

Entrada: Bocaditos del Sur - pasteis de frutos do mar, bolinhos de carne de porco, empanadas de polvo

Entrada: Bocaditos del Sur – pastéis de frutos do mar, bolinhos de carne de porco e empanadas de polvo

Ceviche Clássico: corvina, com cebola roxa, coentro e milho com batata doce

Ceviche Clássico: corvina, cebola roxa, coentro e milho com batata doce

Corvina caribenha: corvina grelhada com molho de morrones, arroz de coco e patacón

Corvina caribenha: corvina grelhada com molho de morrones (pimentões), arroz de coco e patacones (banana verde empanada e frita)

Lembranças finais:

– gostamos muito mais ou menos;

– foi caro;

– o lugar era bem agradável.

Suri Ceviche Bar
R. Mateus Grou, 488 – Pinheiros 
Tel: 11 3034-1763

Comendo na Colômbia – La Mulata en Cartagena

Li muitas referências positivas a respeito do restaurante La Mulata na cidade de Cartagena das Índias. Obviamente, pusemos na listinha de comilança e fomos lá conferir.

O restaurante de comida típica caribenha só atende no almoço, mas a gente só descobriu isso depois de dar com a cara na porta numa noite dessas. Como parecia super valer a pena, voltamos no almoço, mas já no fim do expediente.

Lado bom de chegar tarde: tinha um monte de mesa livre, super sossegado. Lado ruim: as opções de pratos estavam limitadas, algumas das mais interessantes já tinham acabado.

O La Mulata é bem rústico, tem poucos lugares e é simpático. De fato, como lido em outros blogs, trata-se de um restaurante bem em conta. Pagamos 26 reais no total para duas pessoas!

Pedimos a ‘Pechuga mulata’ e o ‘Filete de robalo’. Tempinho depois, a garçonete nos trouxe uma sopinha de entrada. Tinha uns pedações gigantes de mandioca cozida e muita carne. Num gostei muito não, pra dizer a verdade…

Ah, de bebidas pedimos uma Kola Román (que nada mais que é um refrigerante sabor cor-de-rosa!) e um copo de “quero-igual-da-mesa-ao-lado-mas-num-sei-o-que-é”. Era suco de CO-RO-ZO! Que é tipo um coquinho de uma palmeira.

Vamos ao que interessa:

a sopinha de mandioca com frango

a sopinha de mandioca com carne

frangão coberto por queijo amarelo (parecido com queijo prato), linguiça, saladinha básica e batata frita

frangão coberto por queijo amarelo (parecido com queijo prato), linguiça, saladinha básica e batata frita

robalo com molho de cogumelo, arroz com coco enfeitado com batatas fritas e a saladinha básica

robalo com molho de cogumelo, arroz com coco enfeitado com batatas fritas e a saladinha básica

Kola Román sabor cor-de-rosa

Kola Román sabor cor-de-rosa

a bebideeenha da amnésia e um pouco do ambiente do La Mulata

suco de corozo e um pouco do ambiente do La Mulata

Pelas fotos e descrições dos pratos, talvez vocês já tenham a mesma percepção que a gente teve: num tem nada de mais! Digo, a comida é bem ok, o preço é super ok, mas é isso. Não tem nenhum ingrediente diferente, nem nenhum tempero diferente. Nem mesmo dá pra dizer que tava super bem executado, pois a batata tava encharcada de óleo, o frango tava brancão e tinha muito queijo. (o robalo foi a melhor escolha da mesa!).

De caribenho mesmo, tinha essa mistura de duas carnes no mesmo prato, sendo uma delas essa linguiça (não que gente não misture tipos diferentes de carne, mas na Colombia percebemos que isso é bem mais comum).

Mas, estando lá, visite e nos conte suas impressões:

La Mulata
Calle Quero, 9-58
tel: 6646222
Cartagena de Indias
Colombia
(só no almoço, não esqueçam!)

Comendo na Colômbia – almoço na Isla Rosario en Cartagena

Ai, que coisa…outro dia comum nas nossas vidas: estávamos lá numa ilha qualquer no Caribe (!), um dia lindo, uma vista ma-ra-vi-lho-sa, quando nos chamaram para o almoço típico colombiano. (há, há, há! Exceto a parte do dia comum, o resto é verdade mesmo.)

Mas, confesso que o sorrisão saiu da cara quando vimos o esquema bandejão do almuerzo, afinal, pagamos relativamente caro pra passar um dia numa ilha paradisíaca com almoço incluso! (ok, essa coisa de “almoço incluso” matou o glamour da história…mas a gente tava no Caribe, nhé, nhé, nhé!)

Pegamos a fila (sim, tem fila no paraíso, galera!) com o pratinho na mão e fomos sendo servidos. Já sentadinhos na mesa é que percebemos do que se tratava o prato: banana verde frita, mandioca frita, arroz com coco e um pedação de peixe grelhado com molhinho de limão à parte.

Puro preconceito, viu! Tudo uma delícia. Depois até fui visitar a cozinha meio ao ar livre que tem lá na ilha mesmo. Bacaninha!

Compartilhem da minha visão do prato:

pratinho na Isla do Rosario en Cartagena

Deu até uma aguinha na boca só de lembrar dos sabores todos. O peixe tava absurdamente gostoso e saboroso. O arroz com coco tava bacaninha, mas ainda não foi o nosso predileto. A banana tinha esse formato de disco e tava crocante por fora e bem macia por dentro. Só a mandioca que tava ruinzinha mesmo.

Agora uma visão mais intimista:

visão lateral

Vejam que no fundo dá pra ver a Coca Cola e uma saladinha que dispensamos.

Olha a sobremesa:

sobremesa

Ai, ai…super recomendamos um dia ‘besta’ assim!

Isla do Rosario
Cartagena/ Colômbia

Comendo na Colômbia – fast food supreendente no Aeropuerto El Dorado en Bogotá

16/04/2012 1 comentário

Gente, quem disse que comida de aeroporto tem que ser muito mais ou menos?

Pois é…enquanto aguardávamos pra embarcar no aeropuerto El Dorado em Bogotá, comemos num restaurante da praça de alimentação, o Katios.

A princípio não demos nada pro lugar, mas pra matar a fome, até que dava! UAU! Deu mesmo! E muito mais!

Vamos à foto:

Bandeja paisa colombiana

Bandeja paisa colombiana

A bandeja paisa colombiana é composta por:

– aguacate: os colombianos comem  abacate como parte da refeição. Pra gente, parece um pouco estranho a princípio, mas depois vc percebe que combina mesmo com tudo.

– arepa: uma panquequinha goordinha de milho. Pode ser de milho amarelo ou de um tipo de milho branco. Pode levar queijo e outras cositas mais. Diria que é a tapioca deles! No Katios, veio ao natural mesmo.

– arroz blanco e frijoles: o arroz é um grão menor que o nosso, é meio grudadinho. O feijão é grandão, sem caldo, sem grandes temperos.

– carnitas: tem de tudo! Uma salsicha/ linguiça muito boa, carne moída  e carne de porco.

– ovo frito e uma banana verde frita também vêm junto.

Ok, é um prato bem pesado, mas tava uma dilícia!

Foi bem baratinho, deu pra dividir com mais uma pessoa e, o atendimento foi muito atencioso.

Bem, fica a dica:

Restaurante Katios
Aeroporto Internacional de Bogotá El Dorado 

Categorias:Bogota, Colombianos Etiquetas:, ,