Arquivo

Posts Tagged ‘Cerpa’

Eu bebo sim, e estou viveeendo… (parte 1)

É, pessoal! Nem só de comidinhas vive este blog! Temos muitas experiências líquidas pra compartilhar também.

A idéia é registrar algumas bebidinhas diferentes, curiosas, típicas de algum lugar ou só gostosinhas mesmo!

Vamos por partes, ok!

Pra começar, Tuchaua, “o guaraná da nossa terra”.  Embora seja típico de Manaus, provamos esta gostosura na Ilha do Marajó no Pará. É bom? É! Não tem absolutamente nada a ver com o guaraná da Antártica. O Tuchaua é uma bebida menos doce e tem um quê de “da nossa terra”mesmo.

Guaraná Tuchaua

O seguinte foi um achado num restaurante etíope na cidade de Toronto, no Canadá. Escolha do Cabeça de Gordo. É a cerveja Meta Beer Export Lager. Sendo fiel às palavras do querido Cabecinha: “é sem gás e sem graça”.  Bem, valeu a experiência, claro.

Meta Beer

Essa duplinha gostosinha tem origem caribenha e seu slogan promete “a genuine caribbean taste”. Encontramos num restaurante jamaicano na Ilha de Victoria também no Canadá. Ambos da marca Grace, um é o Kola Champagne e outro é um Sorrel (que é uma plantinha comum no Caribe, tipo um espinafre. Ok, refri de espinafre soa estranho mesmo). Bem, eu curti muito os dois! Sem contar que as cores dos refris são super atraentes e combinaram perfeitamente com as comidinhas jamaicanas que pedimos!

Refris da marca caribenha Grace

De volta ao Pará, fica aqui minha confissão de fã do guaranazinho Cerpa Fruity (sim, a mesma @CerpaGold que faz a cerveja) e também um pedido encarecido aos multiplicadores da cultura paraense para que tragam essa gostosura à São Paulo. Gente, adorei esse refri. É o guaraná mais gostoso que experimentei até agora. Durante o Círio de Nazaré ele se tornou raridade até! (muito melhor que o garaná Garoto, que até a Fafá de Belém recomendou a uma amiga).

Guaraná Cerpa Fruity

Curtiu? Então nos siga no Twitter: @EstomagoFeliz.

ps. Não deixe de ler a parte 2 deste post!

Anúncios