Início > Alemaes, Eventos Especiais, Restaurant Week, São Paulo > Restaurant Week 2011 – Weinstube

Restaurant Week 2011 – Weinstube


Guiados pela vontade superior de comer bem, enfrentamos o cansaço de fim de semana e o trânsito horrendo da sexta-feira para chegar ao restaurante alemão Weinstube, no Clube Transatlântico, bairro Chácara Santo Antônio.

O lugar é pitoresco. Parecia que estávamos em outro tempo, em outro país. Tinha um quê de anos 80 (as paredes são de madeira trazida da Alemanha e os clientes são muito estilinho), tem um ar conservador que se nota pelos nomes nas portas (Sala de “Café da Manhã da Diretoria”, banheiros são marcados por ‘S’ e ‘H’!), uma sofisticação muito retrô, enfim, um lugar óóótemo pra você ir com seu avôs alemães.

Registrado isso, vamos a uma questão existencial: “Hey, Weinstube, cadê  o joelho de porco?”.

Gente, olha só o cardápio do Restaurant Week:

Entradas:
– Gazpacho verde (sopa fria de pepino, maçã verde, espinafre, cebola, alho, agrião e capim-limão com croutons de azeite) ou; (2 em 4 pediram este!)
– Envolto de Aspargo (aspargos verdes envoltos em massa Phyllo, servidos com molho de manteiga com ervas e bouquet de salada). (1 em 4 pediu este)

Pratos principais
– Medalhões de Filé Suíno com Presunto cru e Chantilly de Páprica servidos com Spätzle e legumes de verão (3 em 4 pediram este);
– Risotto de Caju com Camarões grelhados ao molho Bisque; (ninguém pediu!)
– Abobrinha recheada com Ratatouille ao perfume de orégano servida com molho de Parmesão e cuscuz de Quinua (ah, pelamordedeus!).

Sobremesas
– Taça de Verão (sorbet de frutas vermelhas e de limão com salada de frutas, Cointreau, iogurte natural e hortelã) ou; (supreendemente bom!)
– Terrine de frutas da estação com creme inglês e croutons de pão Kümmel. (surpreendentemente bonito!)

Ok, ok…dizer que alemão só come joelho de porco é igual a dizer uma coisa que me irrita muito: japonês só come sushi e sashimi! Mas nos admirou muito que não houvesse nenhuma opção com um prato mais típico e conhecido do público aqui no Brasil. O chucrute foi pro brejo quando demos uma olhadela no cardápio fixo do restaurante. O Cabeça de Gordo não resistiu e montou seu próprio menu:

– Goulash de entrada; (um ensopadão de carne, páprica e legumes)
– Schweinshaxe: Eisbein com chucrute e batatas sauté de principal; (o joelho de porco mais quisto da noite, repolho e batatas)
– Sacher Torte de sobremesa. (torta típica de chocolate)

Aí vem a parte boa de sair pra jantar com pessoas da sua confiança. Éramos 4 indivíduos de bom coração, generosos e sem frescura de garfar o prato do outro. Sendo assim, rolou o maior troca-troca gastronômico ever! Melhor, pois eu pedi Gazpacho verde de entrada, mas comi o Envolto de aspargo e também colherei o Goulash!  A mesma lógica se aplica ao prato principal. Pedi o filé suíno e me esbaldei no Eisbein. De sobremesa, escolhi o Sorbet, mas dei uma visitada na Terrine de frutas e acabei a noite na Sacher Torte!

O que tava super bom?
O Envolto de Aspargo, que era o aspargo fresco (óh!) envolto numa casquinha tipo rolinho primavera, tava saboroso, crocantíssimo e bem bonito.  O Eisbein também merece destaque: era um joelhão, tinha aquela crosta brilhante por fora, uma carne tenra e de lamber os dedos por dentro. O medalhão de carne de porco com presunto cru e Spätzle também mandou bem, a carninha tava show e se equilibrava em tempero com a massinha mais neutra. Pra terminar, o Sorbet de frutas foi a maior supresa! Não dei muito crédito só de ler a descrição, mas essa combinação toda ficou mega boa!

Envolto de Aspargos

Schweinshaxe, o impronunciável (joelho de porco, chucrute e batata sauté)

 

Medalhões de Filé Suíno com Presunto cru e Chantilly de Páprica servidos com Spätzle e legumes de verão

Taça de Verão (sorbet de frutas vermelhas e de limão com salada de frutas, Cointreau, iogurte natural e hortelã)

O que tava bem médio?
Eu não entendi o Gaspacho verde. Ele era feio, tinha uma espuminha tipo “acabei de sair do liquidificador”, os croutons ficaram moles no trajeto da cozinha à mesa e já chegaram molengas e obtusos (sim, croutons podem ser obtusos, oras!). Agora, o aroma, de fato, tava bom! O sabor nem tanto!  O Goulash ganha só “médio” porque eu achei ele meio ácido e também porque já comi outros muito melhores. A Terrine de frutas era a sobremesa mais bonita da mesa, boa mas meio sem gracinha. A Sacher Torte foi novidade pra mim, mas não curti muito a geléia/compota (acho que era de damasco) que faz parte da receita. Atirem-me pedras, mas torta de chocolate é só de chocolate mesmo!

Gaspacho Verde (olha a espuminha)

Goulash

Terrine de frutas

Sacher Torte

O atendimento foi ok, exceto pela nota fiscal paulista que demorou horas pra chegar! Por causa daquela olhadela no cardápio fixo, pretendemos voltar sim! (o cardápio tá no site, adoro isso!)

Acompanhe a gente neste tour de comilanças na próxima semana: @estomagofeliz.

Retaurant Week 2011  – Restaurante Weinstube
Clube Transatlântico – R. José Guerra, 130
Chácara Santo Antonio – São Paulo

Telefone: (011) 2133-8600
http://www.clubtransatlantico.com.br/gastronomia/weinstube.html

  1. Denis
    29/03/2011 às 1:58 PM

    Poxa, vc´s estão cada dia mais sofisticados… cada dia mais impossível de ler os nomes dos pratos… e as descrições? “Abobrinha recheada com Ratatouille ao perfume de orégano servida com molho de Parmesão e cuscuz de Quinua”, faltou o clássico “com espuminha de whatever…”

    E as fotos estão mto boas tb!!

  1. 28/03/2011 às 2:38 AM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: